Eylül 17, 2021

Fizemos um Filme para o Carlos

ile admin

Blonde

Fizemos um Filme para o Carlos
Vou escrever esta história tal como eu gostaria que tivesse acontecido. É um fetiche/desejo que gostava de realizar com um casal, a Maria e o Carlos.

O Carlos, desde há muito que fantasia e gostava de ver a Maria com outro homem e ficava sempre muito excitado, quando na cama com a Maria liam a troca de mensagens que a Maria tinha comigo, essa leitura era um kick start para uma noite de desejo e luxuria.

A Maria, sabendo do desejo do Carlos, um dia em que se sentia mais liberta e decidida em concretizar o desejo do seu Marido, manda me uma mensagem a pedir sigilo e para não contar nada ao Carlos. A mensagem dizia o seguinte:
” Julio, esta na hora de darmos ao Carlos o que ele quer e merece, vamos fazer um filme Porno e dar lhe como prenda de aniversário”

Eu claro fiquei logo cheio de tesão, há muito que falava com a Maria e o Carlos, já tinha visto muitas fotos dela e essas fotos já me tinham proporcionado muitas leitadas :), a única coisa que a Maria pediu foi que o filme fosse feito em estilo POV, a realização ficaria toda a meu critério,

Combinamos um dia para o tão esperado encontro, a Maria finalmente iria ser a minha acompanhante e actriz por umas horas de prazer, por fotos eu sabia que ela tinha um vestido preto colado ao corpo tipo uma manga que se veste, disse lhe para ela vestir esse, bem como umas cuecas pretas rendadas com abertura pela frente, meias e cinta de ligas, para finalizar um sapato alto de agulha, sem soutien e claro como estava frio um casaco/gabardina. Os lábios, um baton que meio roxo que lhe dava um ar de safada.

Chegado o dia, eis que vou ao encontro da Maria, combinamos numa área de serviço, eu chego e preparo a camara, estaciono longe do carro dela, quero que ela venha a andar enquanto a filmo e todos a vejam a forma como se abana e desfila entre as pessoas em direcção ao meu carro. A Maria entra e assim que entra e se senta….. eu digo-lhe “vamos tu hoje vais ser a minha puta”, ela risse e dá me um beijo

Dirigimos-nos a um motel ali perto, mas enquanto conduzo, digo a Maria, para subir o vestido, abrir bem as pernas e por as mamas de fora……. quero que todos os camionistas e carros a vejam assim enquanto vamos estrada fora….. ela acede e começa a tocar-se, os seus dedos começam a brincar com o clitoris e eu ouço os seus primeiros gemidos. Os camiões passam e apitam alguns ate se poe lado a lado para ver o show, quando ela se apercebe disso, tira os dedos do clit e poe nos na boca a olhar para o camionista enquanto olha para ele e começa a simular com a sua mao um broxe…..eu aproveito que a sua rata esta disponível e ponho a minha mao no meio das pernas da Maria… esta todo molhada e o camionista segue depois de ter apreciado o show.

O motel aproxima-se, eu também ja vou estou bem duro com os gemidos da Maria, digo-lhe para me abrir as calças e tirar o meu pau para fora, quero que ela me chupe enquanto eu trato do pedido da suite…… ela não se faz rogada e cai de boca engolindo o meu pau todo de uma vez e sinto pela primeira vez os seus lábios apertarem me o pau… ela chupa e suga com força como se quisesse me arrancar a pele do pau e que bem que ela chupa….. dou lhe a camara para a mão para que ela possa filmar em pormenor e o Carlos possa ver mais tarde.

Estaciono o carro e ela dirigisse para as escadas, antes de começar a subir, peço lhe que suba lentamente e se va despindo lentamente a medida que sobe escada por escada….. ela tira a gabardine…… e sobe um pouco abanando as ancas…… depois leva as mãos ao vestido e tira o todo de uma vez….., através da lente da camara aprecio as curvas da Maria, como as cuecas lhe realçam as ancas, como os seus bicos estão duros, como sorri.

Chegados ao quarto a Maria já só em cueca, meia liga e liga sobe para cima da cama eu peço-lhe que me seduza através da camara, ela entao começa se a exibir, desfilar mas levanta-se de repente e bem de encontro a mim encostando me a parede, com força abre-me a camisa e enquanto me beija abre me as calças e despe-me, entretanto com as suas mamas encostadas no meu peito começa a deslizar por mim para que sinta os seus bicos na minha pele e depois os labios quentes e humidos a percorrer me desde o pescoço, barriga, umbigo ate chegar aos boxers….. ai com mestria e por cima do pano morde me com cuidado o pau antes de os tirar.

Assim que o meu pau se liberta da roupa bate-lhe na cara e a Maria mais uma vez abocanha me todo, depois com os labios usa o meu pau como se fosse uma harmonica as minhas pernas começam a tremer de prazer e eu tenho de me sentar……

sentado de pernas abertas ela nao quer largar o meu pau, entao com uma mao na camara ponho a outra na sua cabeça e puxo a ainda mais para mim para que possa engolir todo o meu pau e começo a foder-lhe boca, e o tesao aumenta, as pulsações e o ritmo também, dou-lhe as primeiras golfadas de leite directamente na garganta, e ela nao tira o pau continua a lamber me e a chupar me ate que o leite acaba e me limpa o pau……

Depois do pau limpo…… ela olha para mim e sorri com o seu jeito safado de quem como diz quero mais …… e da me outro beijo ainda com a boca a saber ao meu leite.

Digo-lhe agora para se deitar na cama, era a minha vez de lhe dar prazer…… passo-lhe a camara para as maos.

continua….